Seu navegador tentou rodar um script com erro ou não há suporte para script cliente.

Bem-Vindo

18 de Setembro de 2018

Início do conteúdo
Topo do site, versão de impressão (Exemplo)
Página inicial > Comunicação > Notícias > Governo do Estado firma convênio com prefeitura de Montenegro para elaboração de projeto da travessia urbana do município
Publicação: 27/12/2017 às 18:53

Governo do Estado firma convênio com prefeitura de Montenegro para elaboração de projeto da travessia urbana do município

Ato para assinatura do convênio foi realizado nesta quarta-feira (27) - Foto: Divulgação/EGR
Ato para assinatura do convênio foi realizado nesta quarta-feira (27) - Foto: Divulgação/EGR

O Governo do Estado, por meio da Secretaria dos Transportes e da Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR), firmou convênio com a prefeitura de Montenegro, para a elaboração do projeto executivo da travessia urbana do município, com reordenamento urbanístico. O trecho que receberá o projeto, que deverá incluir seis rotatórias, localiza-se entre os km 0 e 7,11 da RSC-287. O valor investido chegará a R$ 360 mil, dos quais R$ 160 mil serão arcados pela empresa pública e R$ 200 mil pela prefeitura.

A assinatura foi realizada nesta quarta-feira (27) pelo secretário dos Transportes, Pedro Westphalen, diretor-presidente da EGR, Nelson Lidio Nunes, e prefeito de Montenegro, Carlos Eduardo Muller. Uma vez concluído o projeto executivo, a obra será licitada e executada em fases, conforme a disponibilidade financeira, cujos recursos serão oriundos da praça de pedágio de Portão. O trecho de cerca de 7 km da RSC-287 passou a ser administrado pela EGR, conforme decreto publicado no mês de dezembro.

Segundo Westphalen, “A finalidade é a redução dos acidentes na área urbana do município de Montenegro, bem como a organização do trânsito de veículos no trecho, que possui um alto fluxo de pedestres”. O secretário destacou, ainda, o esforço conjunto e o trabalho realizado em equipe: “A transferência para a EGR foi a solução para um problema que preocupa a comunidade há mais de 40 anos, que é o perigo no trecho”.

“Tratam-se de ações que futuramente diminuirão sensivelmente as situações de risco aos usuários da rodovia, tanto para os veículos quanto para os pedestres”, explica Nunes.“ A partir do projeto, saberemos quais as intervenções necessárias, assim como os custos envolvidos”, completa. O dirigente da EGR salienta que o projeto executivo deve ficar pronto em cerca de 90 dias e após isto será possível iniciar a licitação das implementações.

Participaram do ato, que ocorreu na Câmara, deputado federal Pompeo de Mattos; o diretor-técnico das EGR, Milton Cypel; o presidente da casa, Neri Pena; a gerente de Engenharia da EGR, Silvia Ximeno, além de vereadores e lideranças da comunidade.

Sobre a EGR

Em funcionamento desde 2013, a EGR conta com uma estrutura de 75 funcionários, contratados por concurso público. Atua na conservação, manutenção, limpeza e implantação de melhorias em mais de 900 quilômetros de rodovias no estado. Também oferece aos usuários serviços de ambulância, guincho e resgate. A empresa pública é vinculada à Secretaria dos Transportes.

Endereço da página:
Copiar
EGR - EMPRESA GAÚCHA DE RODOVIAS S/A
Endereço: Av. Borges de Medeiros, 261 - 3º andar - Edifício União
Fone: Telefones
Porto Alegre - RS